Advocacia Empreendedora: Pesquisa de Mercado

Hoje retomamos nosso artigo referente ao empreendedorismo na advocacia. Conforme falamos anteriormente, considerando que o assunto é extenso vamos dividir o tema em vários artigos. Nessa postagem falaremos de Pesquisa de Mercado.

A pesquisa de mercado é importante para qualquer empreendedor, porém em relação ao advogado é peculiar tendo em vista o número grande de advogados no mercado, portanto concorrentes em massa. Atualmente, segundo a Thomson Reuters 0,5 % da população são advogados, ou seja, 1.038.906 milhões de pessoas estão inscritas na OAB. O mercado nessa área é movimentado por R$ 50 bilhões de reais por ano com um crescimento anual de 20%. Considerando que existe 1 (um) advogado para 205 (duzentos e cinco) habitantes no Brasil, temos uma noção do quanto a profissão está escassa; visto isso há a necessidade de conhecermos novas áreas e explorarmos novos caminhos no direito. Verificamos que novas áreas como o Biodireito, o Fashion Law, o Direito Digital entre outras estão sendo conhecidas e respeitadas, mas mais do que ter mercado para se atuar é importante ter afinidade e qualificação. É importante definir seu público alvo e definir o mercado.

Segundo o Sebrae “A pesquisa de mercado tem o objetivo de orientar o empreendedor das estratégias que serão tomadas”. A pesquisa de mercado é importante não só para abrir um escritório de advocacia mas também para entender como atender novas áreas, realizar novos serviços, captar novos clientes, assim como identificar problemas. Pesquisa de Mercado ajuda um novo empreendedor cheio de incertezas a ter uma orientação em suas estratégias e também ajuda um empreendedor veterano a inovar. Importante constatar que uma informação isolada não leva ao sucesso, portanto são necessários um conjunto de dados para identificar riscos, problemas de negócios, pontos de melhoria e redução de riscos. Vamos elencar os pontos importantes da pesquisa de mercado que retirei do site do Sebrae:

 

1 – Conheça o perfil do cliente:

Esse ponto é importante para saber os perfis quantitativo (por exemplo, quantas reclamações trabalhistas uma reclamada, possível cliente ou efetivo cliente, possui) e qualitativo (características dessa reclamada como valores, procedimentos, normas e etc);

 

2 – Perceba a estratégia dos concorrentes e saiba diferenciar pontos fortes e fracos:

Nesse caso é sempre importante respeitar o Estatuto da OAB, tendo em vista que nem toda estratégia, ainda que seja feita por concorrentes, pode ser executada. Alguns podem até captar clientes, mas não vale a pena se submeter à determinadas situações e ser notificado pela OAB por conta de falta de ética.

Hoje existem meios de marketing jurídico extremamente eficazes como site, cartão de visita, artigos profissionais que respeitam a ética profissional. Busque informações no site dos concorrentes e replique somente estratégias positivas.

 

3 – Defina o mercado:

Defina sua atuação ainda que seu escritório seja generalista e firme parcerias para que possam atender as diversas áreas, ou contrate advogados se houver condições. É importante se especializar e focar suas energias para se tornar um especialista naquilo que faz. Atitudes como essas fazem com que o profissional empreendedor atenda da forma mais satisfatória possível o seu cliente, transferindo confiança e respeito à ele.

 

4 – Defina seu público:

É importante definir o público que seu escritório irá atender independente da área. Um exemplo fácil na área trabalhista são os advogados que atendem os reclamantes e outros que atendem as reclamadas. Não há demérito nenhum em escolher o público que você tenha mais afinidade desde que não haja discriminação entre um cliente e outro. Conheço profissionais bem sucedidos em ambas as áreas pois fazem o que gostam e advogam com amor.

O sucesso depende muito mais do prazer de atuar e do amor à profissão do que do valor dos honorários.


Fontes:

http://m.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/artigos/pesquisa-de-mercado-o-que-e-e-para-que-serve,97589f857d545410VgnVCM1000003b74010aRCRD

https://www.thomsonreuters.com.br/pt/juridico/legal-one/biblioteca-de-conteudo-juridico/contato-a-jornada-do-advogado-mercado/obrigado.html

 

Jéssica Belisário
Jéssica Belisário
Advogada pela Universidade São Judas Tadeu atuante na área trabalhista com extensão em Processo Tributário pela FMU, Analista Jurídico na multinacional americana RR Donnelley com 8 (oito) anos de experiência em Departamento Jurídico e apaixonada por pesquisa científica. Publica quinzenalmente informações sobre carreira e rotina jurídica relatando de forma real os desafios de uma recém - formada na coluna Diário de Uma Advogada Iniciante. Sigam o Instagram https://www.instagram.com/diariodeumaadvogadainiciante/
[fbcomments]

Deixe uma resposta