Jovem ucraniano de 13 anos detido por suspeita de roubo, foi julgado como adulto por tribunal russo, com base no tamanho do seu órgão genital. Ele foi condenado a prisão por ter órgão genital grande.

Depois de descobrir que tamanho de seu membro era incompatível para sua idade, tribunal russo determinou que o jovem ucraniano, de 13 anos, fosse julgado como um adulto.

Tomas, cujo sobrenome não foi divulgado para proteger sua identidade, mudou-se para Moscou com sua tia em março e foi preso no mesmo mês depois de ser acusado de roubar um telefone celular.

Na prisão, quando ficou nu, os policiais ficaram surpresos com o tamanho do membro do adolescente. Achando que ele é mais velho, foi ordenado um exame médico para determinar sua idade real. Com base no tamanho de seus genitais, os médicos da prisão disseram ao tribunal que acreditavam que ele, na verdade, tinha 16 ou 17 anos e não 13.

 

condenado a prisão por ter órgão genital grande

 

No entanto, a família de Tomas afirmou que ele tinha apenas 12 anos de idade no momento de sua prisão, afirmação apoiada por sua documentação ucraniana, que foi verificada quando ele cruzou a fronteira com a Rússia, em março, quando mudou-se para lá.

Apesar disso, o tribunal julgou que ele tem idade suficiente para ser considerado legalmente responsável por suas ações, com base no tamanho do seu órgão genital, de acordo com The Moscow Times.

Na Russia, jovens de 16 anos podem ser julgados como adultos. A maioridade penal é reduzida para 14 anos somente em caso de crimes mais graves, como estupro e homicídio, de acordo com o artigo 20 do Código Penal Russo.

Como resultado, Tomas foi condenado como um adulto e foi enviado para a prisão.
Sua família tenta reverter a decisão. Os serviços prisionais regionais ordenaram uma revisão do caso.

 

 

Fonte: The Moscow Times.

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta