Consumidor: perdi os documentos. E agora?

perder-documentosRecebi um e-mail de um leitor da coluna perguntando o que deveria fazer no caso de perda dos documentos. Vou compartilhar com os leitores do blog algumas informações úteis, que devem ajudar nesse momento difícil.

Temos que ter em mente que o fato de perder os documentos não significa necessariamente que serão utilizados por estelionatários mas, como o seguro morreu de velho, o ideal é prevenir-se contra os prejuízos através de alguns registros simples. Acesse os seguintes endereços:

Delegacia Eletrônica: Aqui, o consumidor pode registrar on-line um B.O. (Boletim de Ocorrência). Pode registrar o extravio de documentos diversos, eletrônicos, financeiros e documentos de veículos.

Qualquer instituição que ofereça crédito (de lojas de bairro até grandes bancos) faz um rastreamento nos órgãos de proteção ao crédito para conferir como está o cadastro do cliente. Por isso, também vale a pena registrar a perda de seus documentos nesses órgãos. Essa informação será enviada as empresas quando fizerem uma consulta no seu CPF. No geral, existem dois grandes bancos de dados no país, sendo eles:

SCPC: Para registrar o alerta no SOS Cheques e Documentos, do Serviço Central de Proteção ao Crédito, Também pode ligar para 0800 011 1522.

Serasa: Aqui você cadastra a ocorrência no Serviço de Documentos e Cheques Roubados da Serasa Experian, Também pode ligar para (11) 3373-7272, de segunda a domingo, das 8h às 20h.

A partir da inclusão dos dados, as informações ficam disponíveis de imediato para todos os clientes da Serasa Experian no país. No caso dos documentos, o alerta fica no sistema de consultas, provisoriamente, por um período de dez dias úteis. o SOS do SCPC, em caso de uma possível tentativa de uso indevido do documento, um sinal de alerta é enviado ao lojista para que ele analise com mais cautela o negócio.

É claro que além disso, cancelar cartões e alertar os bancos de relacionamento também são medidas que devem ser tomadas.

 

O ideal é a prevenção

Vale a pena ter alguns cuidados com nossos documentos para evitar esse tipo de situação. Por exemplo:

• Nunca deixe o documento com um desconhecido quando você não estiver por perto

• Não forneça dados pessoais para pessoas estranhas

• Não confirme informações pessoais por telefone

• Não informe os números dos seus documentos quando participar de sorteios

• Mantenha atualizado o antivírus do seu computador

• Não faça cadastros em sites que não sejam de confiança

• Procure deixar os cheques separados dos documentos pessoais

• Não ande com o talão de cheques ou folhas já assinadas; procure portar apenas as folhas que for utilizar no dia

• Anote as informações da compra no canhoto do talão

 

Fábio André Malko
Colaborou com o MegaJuridico escrevendo alguns artigos sobre Direito do Consumidor. Formado em matemática, bacharelando em Direito, especialista da área de finanças, direito do consumidor e reestruturação financeira.
[fbcomments]

1 comentário em “Consumidor: perdi os documentos. E agora?

  1. Quando você for registrado em uma empresa ela realiza a consulta cpf completa e com isso ela vê que você algum dia perdeu seus documentos… é isso?
    Eu achei muito útil, nunca tive problema com SPC nem SERASA a ponto de precisar fazer uma consulta cpf e buscar limpar o nome, mas como o comentário acima, ajuda muito na regularização… vale apena!

Deixe uma resposta