Como não passar em concurso público

Por Luana Mello*

Olá queridos! Conforme o prometido, trago uma relação de dicas que o Professor do meu cursinho (Professor e Delegado George Gomes), postou há pouco tempo na rede social. Achei mega interessante porque ao invés de dizer o que o aluno dever fazer para passar em um concurso ele fez o inverso e, escreveu o título: “COMO NÃO PASSAR EM CONCURSO PÚBLICO”

Então vamos lá:


Um pouco de reflexão para meus alunos concurseiros.
Com alguns anos de experiência nas salas de aula, lecionando nesses últimos 10 anos para milhares de alunos, resolvi seguir o caminho inverso. Como assim?

Dedicarei esse pequeno espaço para indicar a fórmula para NÃO PASSAR EM CONCURSO PÚBLICO.
CUIDADO! Se você cumpre essa meta, certamente amargará sucessivas reprovações.

Como não passar em concurso público

1.  Preocupa-se com uma ou algumas das matérias do edital.
2.  Evita matérias não gosta ou não tem afinidade.
3.  Sempre acha que sabe a matéria e que é desnecessário entrar na sala de aula para revê-la.
4.  Não tem humildade para aprender.
5.  Não tem coragem de admitir que não sabe.
6.  Estuda somente na sala de aula.
7.  Estuda com diversos equipamentos eletrônicos que retiram sua atenção.
8.  Entra na sala para testar professores.
9.  Assiste 10 minutos de uma aula para dizer se aprova o professor.
10. Não faz a leitura das apostilas básicas.
11.  Não faz a leitura de livros indicados pelos professores.
12.  Não percebe que curso preparatório não é curso de graduação.
13.  Estuda menos de cinco horas por dia.
14.  Acredita que certas pessoas passaram em concurso estudando pouco.
15.  Aceita que uma festa com amigos ou família é mais importante que uma manhã de aula.
16.  Acredita que precisa saber muito e se esquece de estudar o que realmente aparece nas provas.
17.  Acha que sabe mais que o professor.
18.  Sempre acredita que sabe mais que seu concorrente.
19.  Dispersa-se com temas irrelevantes para a prova.
20.  Prende-se em “boatos” de concurso.
21.  Não domina o edital do concurso, em especial a parte relativa às matérias.
22.  Critica professores, cursos, estruturas de sala de aula, entre outros aspectos físicos do prédio onde estuda.
23.  Imagina que num preparatório existirão “babás” para agradar e fazer seus “mimos”.
24.  Não percebe que o mundo da preparação para concurso é duro e difícil.
25.  Tem a convicção que uma preparação para ser aprovado demora pouco tempo.
26.  Gosta muito do professor “gente boa” e odeia o professor que explora as dificuldades das matérias
27.  Gosta de ser enganado com questões fáceis para parecer que sabe alguma coisa.
28.  Não foca sua atenção num livro ou num curso, pois deseja explorar tudo.
29.  Cada mês está num curso diferente.
30.  Imagina que o professor de curso preparatório que já aprovou centenas de alunos estará preocupado com suas reclamações.
31.  Perde tempo reclamando, quando poderia estar estudando.
32.  Passa mais tempo estressado com um erro do professor do que fazendo a leitura de um livro de concurso.
33.  Leu um livro e acha que já sabe mais que todo mundo.
34.  Entende que praticar exercícios da matéria não é importante.
35.  Acredita que suas convicções sobre assuntos são mais importantes do que as aulas.
36.  Aprendeu errado na graduação e acha que ainda está certo quando nos preparatórios.

Se o candidato aproveitar um ou alguns poucos tópicos da lista, digo: PARABÉNS, VOCÊ É MAIS UM REPROVADO.

Meus alunos, essa foi uma forma DIRETA de dizer o que pode estar atrapalhando sua aprovação.
Prof. George Gomes.


E aí leitores, se identificaram? Espero que não! 😀
Eu sei que é difícil, mas se persistirmos o sucesso será apenas uma questão de tempo.
Espero que tenham gostado! Beijinhos e até a próxima!
Com amor, Luana.

*Luana Mello, colaborou com nosso site por meio de publicação de conteúdo. Ela é estudante de Direito, e além da faculdade, ainda estuda para concursos públicos.

envie-artigo-pj

Colaboradores
Colaboradores
Este perfil é reservado para publicação de artigos de colaboradores e material dos leitores enviados ao Megajurídico. Você pode enviar seu artigo para ser publicado. Leia a página PARTICIPE e saiba mais.
[fbcomments]

Deixe uma resposta