O ministro da Educação, Henrique Paim, anunciou, nesta terça-feira (1/07), a ampliação do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) para financiar cursos de mestrado e doutorado. Ele informou que o sistema será aberto nesta semana para adesão das instituições privadas e, depois, para adesão dos estudantes.
Em breve estarão abertas as inscrições para o financiamento de estudantes matriculados em cursos não gratuitos de Pós-Graduação presencial de mestrado, mestrado profissional e doutorado, recomendados pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) e ofertados por instituição de ensino superior com adesão ao FIES Pós-graduação.
Este é mais um avanço na reconhecida pós-graduação brasileira”, afirmou o presidente da Capes, Jorge Almeida Guimarães.

Mas atenção! O Fies Pós-Graduação não valerá para cursos de especialização (lato sensu), nem cursos de ensino a distância.

fies para mestrado e doutorado Quem recebe bolsas do Capes também não poderá solicitar o financiamento.
A possibilidade de financiamento para os cursos não gratuitos de mestrado acadêmico e profissional e de doutorado foi introduzida pela Lei nº 11.552/2007, que alterou a Lei do Fies (Lei nº 10.260/2001), condicionado, entretanto, à disponibilidade financeira do fundo. A partir de agora, as instituições mantenedoras com cursos recomendados pela Capes poderão aderir ao Fies da Pós-graduação stricto sensu.

Para efetuar a sua adesão ao Programa de financiamento de Pós-Graduação, clique aqui.

 

Fonte: Redação da Agência PT, com informações da Agência Brasil

Perfil editorial do Megajurídico, criador e editor de conteúdo.

Deixe uma resposta