Declaração de amor boa é essa: “Você é minha Constituição”.

Constituição representa a norma suprema do ordenamento jurídico, está no ápice da legislação brasileira, é fonte para todas as leis e atos jurídicos.

Assim, se alguém te comparar à Constituição, sinta-se muito importante!!!

constituicao

Poerídica: Você é minha Constituição

 

Eu te quero

pra ser

a minha fundamentação.

Te amo tanto

que considero

você

a minha Constituição.

 

Dos Princípios Fundamentais,

dos Direitos e Garantias

Fundamentais,

Da Organização do Estado…

você tem sim Estado

em mim.

 

Você é minha Constituição

com todos títulos, capítulos…

do preâmbulo

até o último artigo.

Você é minha Constituição

completa, que me completa,

me orienta e me acerta!

 

Gosto das suas normas de eficácia

plena, limitada e contida…

assim nosso amor fica sendo

nossa cláusula pétrea por toda a vida!

Gosto também

da sua Separação de Poderes,

de Poder me deixar calmo,

de Poder me cuidar bem,

de Poder me fazer feliz.

 

Você é meu Poder Constituinte

Originário e também Derivado,

meu poder político e instituído,

meu poder autônomo e querido,

meu poder de fato e constituído,

me constitui sempre um pouco mais…

que se dane as outras…as outras

normas infraconstitucionais!

 

Você sempre será

minha Lei Maior,

a que me protege,

me ampara,

e não me deixa só.

 

Entretanto,

você apresenta

mutações constitucionais

que alteram o significado

e o sentido do seu texto…

por isso fica complicado

de entendê-la, às vezes,

de interpretar seu contexto.

Mas, por você ser a minha Constituição,

eu sou capaz de aprender hermenêutica

e todos os métodos de interpretação!

Deixe uma resposta