I Jornada de Direito Processual Civil foi realizado pelo Centro de Estudos Judiciários (CEJ) e teve como objetivo definir posições interpretativas sobre o Código de Processo Civil, adequando-as às inovações legislativas, doutrinárias e jurisprudenciais. A Jornada reuniu ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ), magistrados federais e estaduais, juristas e especialistas no tema.

O evento foi realizado dias 24 e 25 de agosto, na sede do Conselho da Justiça Federal (CJF), em Brasília.

Ao todo, 624 propostas de enunciados encaminhadas foram analisadas pelas comissões científicas, foram aprovados 107 enunciados, que servirão agora como posições interpretativas sobre o Novo CPC, adequadas às inovações legislativas, doutrinárias e jurisprudenciais.

Leia a íntegra dos enunciados aprovados:

Deixe uma resposta