A Mulher Advogada: uma homenagem poética

11334

Parabéns a todas as advogadas do Brasil! O dia da advogada é comemorado no dia 15 de dezembro, mas claro que, hoje, amanhã e sempre poderemos comemorar e prestar homenagens às mulheres do Direito, pois elas merecem e elas reconhecem todos os dias a importância do mundo jurídico.

Então, escrevi uma poesia jurídica que enaltece as mulheres advogadas!

 

Poerídica: A Mulher Advogada

 

A Mulher Advogada
deixou de ser menina.
Agora ela discute as leis
e questiona a Doutrina.

 

A Mulher Advogada,
é independente e corajosa.
Se defende e se protege
de forma cuidadosa.

 

A Mulher Advogada
é uma grande conciliadora
de suas múltiplas funções
que a fazem batalhadora.

 

A Mulher Advogada
é responsável e atuante,
consciente e decidida
a seguir sempre adiante.

 

A Mulher Advogada
reconhece os indícios
contra e ao seu favor
através de princípios.

A Mulher Advogada
baseia-se na prova real.
As leis são fundamentos,
os valores, seu degrau.

 

A Mulher Advogada
tem eficácia erga omnes
contra tudo e contra todos
os desrespeitos dos homens.

Escritor, poeta e advogado. Idealizador do projeto "Poerídica" (poesia jurídica) (fb.com/poeridica). Vencedor do Prêmio Nacional UFF de Literatura 2009 e do IV Prêmio Moledo Sartori de Monografia Jurídica 2012. Servidor Público e pós-graduado em Gestão Pública na Escola de Contas e Gestão do Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro.

Publicidade

Deixe uma resposta