domingo, 19/maio/2024
Poesia jurídicaA gente não quer só pão

A gente não quer só pão

estagi_riosfora_4_
Uma brincadeira postada no site do NED (Não Entendo Direito)

Se não bastasse todos os sofrimentos que o estagiário suporta em suas funções (ou talvez no desvio de suas funções, como pagar conta pessoal do chefe), na semana passada, vazou na internet a notícia de um juiz negando pão aos estagiários na hora do lanche (uma trollagem feita pelo NED – Não Entendo Direito).

 

Considerando isso (e levando à sério a brincadeira do NED), a poesia jurídica de hoje propõe defender os estagiário de Direito que foram (ou estão sendo) privados de comer pão pelos seus superiores.

 

Esta poesia é uma releitura da música-poema “Comida” da banda Titãs: “A gente não quer só comida / a gente quer comida / diversão e arte / a gente não quer só comida / a gente quer saída / para qualquer parte”.

 

 

Poerídica: Pão

Bebida é café.

Comida é livro.

O estagiário tem sede de quê?

O estagiário tem fome de quê?

 

A gente não quer só pão

A gente quer pão

Manteiga e café.

A gente não quer só pão

A gente quer ser tratado

Com respeito e boa fé.

 

A gente não quer só pão

A gente quer pão

Trabalhar e aprender.

A gente não quer só pão

A gente quer remuneração

E passar na OAB.

 

Bebida é café.

Comida é livro.

O estagiário tem sede de quê?

O estagiário tem fome de quê?

 

pao

Escritor, poeta e advogado.

Receba artigos e notícias do Megajurídico no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/megajuridico.
spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Mais do(a) autor(a)

spot_img

Seja colunista

Faça parte do time seleto de especialistas que escrevem sobre o direito no Megajuridico®.

spot_img

Últimas

- Publicidade -