Trabalho de conclusão de curso: como começar?

Por Nedson Ferreira Alves Junior*

 

Para quem é professor, o início de um novo semestre letivo é sempre uma correria. São os planos de aula que devem ser feitos, previsões de textos para as turmas, pesquisas sobre concursos etc. Para o aluno, é sempre aquela tensão se vai conseguir cumprir a promessa de estudar mais no semestre vindouro.
Para aqueles que estão no final do curso é mais tenso ainda. É cobrança dos pais, colegas e de si mesmo sobre Exame da Ordem e se não bastasse, tem o famigerado Trabalho de Conclusão de Curso – TCC.

São tantas coisas no final de uma faculdade que chegamos a nos arrepender de ter começado. Mas como não devemos nos acovardar, seguimos em frente.

Dedico o texto de hoje aos acadêmicos que começarão a fase de TCC. É bem provável que vocês já escutaram inúmeras dicas sobre isso, mas lições nunca são demais.

tcc

TCC: como começar?

Quando se é orientador de TCC as perguntas feitas pelos orientandos são incontáveis. A primeira delas é: qual tema escrever? Chega a dar um frio na espinha quando não se sabe por onde começar. Nesse ponto, costumo dar o norte de: escolha uma área que haja afeição, seja ela qual for. E para isso não precisa ser o ramo que se tenha as melhores notas, mas sim aquele que lhe desperte mais curiosidade.

O TCC envolverá um assunto que você terá que ler e depois repassá-lo, por isso é importante ser algo que lhe agrade. Tem que ser interessante para o orientando, porque ele passará a emoção para o papel. Chega a ser uma visão romântica da pesquisa, mas é um facilitador que trará benefícios no decorrer da pesquisa.

Elegido o ramo que lhe traz mais inquietudes, a segunda fase é definir um tema prévio. É prévio porque ele poderá poderá mudar no futuro por causa da fase de leituras e pesquisa de referências.

   Prestem atenção nessa dica: o tema pode até ser muito interessante, mas se não há referências que lhe deem subsídios, passe para outro que lhe ofereça mais.

Quem fica sob a minha batuta, nessa fase de busca preliminar das referências eu exijo a leitura de no mínimo 5 doutrinas e 8 dissertações ou teses buscadas no banco da CAPES ou da USP que abordem sobre o tema. Além, claro, da legislação sobre o assunto. É nesse momento de busca de referências é que descobrir-se-á se existe ou não referência a respeito do tema. É relevante, outrossim, para saber se o tema não está esgotado, ou seja, se o problema da pesquisa já caiu no estado de técnica e a conclusão já se deduz ao ler o título do trabalho. Se isso ocorrer com você, passe para outro tema porque não haverá motivos para pesquisar.

Feitas as leituras preliminares é hora de definir o que é possível pesquisar sobre aquilo. É a hora de definir o problema da pesquisa, objetivos gerais e específicos e, eventualmente as hipóteses. Tudo isso ajudará a saber se o tema dará ou não uma boa produção científica.

O que dificulta a pesquisa no Direito é que, a primeira vista, os assuntos se apresentam como esgotados. Mas para desviar disso dou uma dica simples: mude a abordagem daquele instituto. A título de exemplo, citarei um atendimento que fiz a uma acadêmica, que me pediu dicas sobre o TCC. Ela me disse que gosta de Direito Penal. Eu não sou penalista, mas sugeri a ela um tema com base num seminário de doutorado, ministrado pelo Professor Eugenio Raúl Zaffaroni que tratou sobre o Direito Penal Subterrâneo. Recomendei que abordasse o Direito Penal Subterrâneo e a sua eficácia no Direito brasileiro.

Quem pretende fazer um bom TCC precisa disponibilizar tempo de acordo com a sua capacidade. Eu sempre exijo dos meus orientandos pelo menos uma hora por dia de leituras e escritas, isso de segunda a sexta-feira. No Sábado ou domingo o turno vespertino. A primeira vista pode parecer autoritarismo, mas faz com que a pesquisa renda e no futuro começará a haver tempo livre para outros estudos.

O segredo é adiantar o máximo possível do TCC, principalmente para facilitar os estudos para a OAB.

Boa pesquisa a todos.

*Nedson Ferreira Alves Junior, Colaborou com o MegaJuridico escrevendo alguns artigos para o site. Advogado Militante, formado pela PUC/GO, proprietário da Unidade Damásio Educacional Goianésia.

envie-artigo-pj

Colaboradores
Colaboradores
Este perfil é reservado para publicação de artigos de colaboradores e material dos leitores enviados ao Megajurídico. Você pode enviar seu artigo para ser publicado. Leia a página PARTICIPE e saiba mais.
[fbcomments]

1 comentário em “Trabalho de conclusão de curso: como começar?

Deixe uma resposta