Era uma audiência comum na 10ª Vara do Trabalho de Vitória, na terça-feira do dia 26/05/15, quando Pablo Rodrigues, de 43 anos, ao final da sessão, solicitou à juíza que registrasse em ata um requerimento inusitado: o pedido de casamento à advogada que o defendia.
Pablo ingressou com uma ação contra a empresa em que havia trabalhado, pedindo adicional de periculosidade.

A aceitação do pedido de casamento se juntou às considerações da magistrada Flavia Fragale e oficializou a pretensão da união.
Tudo foi planejado por Pablo que a caminho do fórum, decidiu pedir a advogada em casamento durante audiência.

fotocasal_1
(Foto: Reprodução/ Arquivo Pessoal)

Noivo de Silvia, de 29 anos, Pablo também é advogado e os dois têm um escritório em sociedade. Como ele não faz audiência trabalhista, essa seria uma oportunidade única em que os dois estariam juntos em sessão, sendo ele como cliente e ela como advogada. “Era a chance perfeita”, falou Pablo.
Pablo Rodrigues solicitou à juíza que registrasse o pedido em ata. Agora, os noivos querem se casar no Rock in Rio.

O casal fez uma festa de noivado para mais de 100 pessoas em 2013, mas, na ocasião, Silvia contou que não foi pedida em casamento, mas em noivado.
Como só havia pedido Silvia em noivado e não em casamento, verdadeiramente, o advogado resolveu pensar em algo diferente, para suprir a ‘falha’. E ela contou que, nem de longe, imaginou que o pedido viesse assim. “Eu pensei que ele fosse fazer alguma coisa na praia, porque ele faz kitesurf e eu também gosto. Jamais pensei que fosse ser numa audiência. Ele me pegou de surpresa mesmo”, contou Silvia.

A juíza do Trabalho Flavia Fragale, que fazia a audiência, falou que a advogada até pediu para adiantar a sessão, porque não estava passando bem. “No final, o reclamante (Pablo) pediu a palavra. Ele queria fazer um requerimento para constar em ata. Eu não entendi, mas ele disse que, quando falasse, eu ia entender”, relatou.
Flavia contou que, após o pedido, a reação de todos foi de espanto. “A primeira coisa que eu fiz foi olhar para ela, que ficou muito surpresa. Ela aceitou. Então, eu pedi o consentimento dos outros que estavam participando da audiência e todo mundo concordou em acrescentar o pedido em ata”, explicou a juíza.

Confiram o pedido no vídeo:

Parte da ata com pedido de casamento incluído:

Parte da ata com pedido de casamento incluído (Foto: Reprodução/ Documento)
(Foto: Reprodução/ Documento)

 


Fonte: G1

2 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta