Dos cerca de 114 mil inscritos no país, apenas 10% passaram no teste. O resultado foi divulgado na semana passada.
Após checar na internet que havia sido aprovada, a primeira coisa que fez foi avisar os amigos no Facebook,  rede social que acessa todos os dias.

Viúva, mãe de uma filha e avó de uma neta, Darci terminou a faculdade no final de 2012 e passou no exame da Ordem dos Advogados do Brasil no Espírito Santo (OAB-ES) no começo de 2013.

Dona Derci conta que nunca fez cursinho, e passou em três concursos públicos, como o do Tribunal de Contas do Espírito Santo, mas optou pela Justiça Federal, onde ficou por 14 anos.

Como não pode mais fazer concursos por conta da idade, ela pretende advogar voluntariamente na Justiça Federal, um serviço oferecido para pessoas que não podem pagar um advogado.

Fonte: G1 – Espírito Santo e Gazeta online

2 COMENTÁRIOS

  1. Parabéns à Derci! E pelo fato de ter estudado para AJUDAR a quem precisa e não pode pagar ela merece nosso total respeito! Alguma pessoas não entendem por que estudamos nesta idade, já expliquei que fiz Biologia e especialização em Entomologia Médica para ajudar em relação a DENGUE e outras patologias que estão matando nosso povo, mas percebi que só isto não basta, então estou fazendo DIREITO para cobrar nossos direitos à uma Saúde de qualidade!!!!

Deixe uma resposta